Me siga pelo email - Follow by Email

domingo, 26 de abril de 2009




"Até ontem tudo estava aqui
Casa, sol, felicidade e nós
Mas aconteceu e eu nem percebi
Quando tudo se perdeu de mim
Quadros, móveis a televisão, nossas fotos, seu amor por mim
Devem estar aqui n'outra dimensão,
As coisas somem sem explicação

Se tudo passa depressa
Só o que é novo interessa
40 dias no espaço, em algum planeta deserto,
Talvez de lá eu consiga voltar a ver o que eu não vejo de perto."

Leoni
40 Dias no Espaço

...


"Mudaram as estações, nada mudou
Mas eu sei que alguma coisa aconteceu
Está tudo assim tão diferente..
Se lembra quando a gente chegou um dia a acreditar
Que tudo era pra sempre, sem saber, que o pra sempre
Sempre acaba.."






As pessoas me fazem sorrir, me fazem chorar.. me dedicam uma amizade a qual eu também as dedico, o afeto que dedico é verdadeiro, embora muitas não sejam como eu e nem acreditam nisso. Ainda acredito na força do amor, msmo que ele fuja por um tempo, gostaria hoje, de acreditar mais, mas não consigo, espero que seja uma questão de tempo. Hoje choro e desacredito. Amanhã sorrio e acredito novamente. Hoje consolo corações, amanhã alguém consola o meu coração. As pessoas são ingratas, as pessoas são hipócritas, dissimuladas, ladras. Roubam de mim o que tenho de mais precioso, levam para sempre todo um sentimento que os dediquei, levam parte do meu coração e longe descartam-no. Porque as pessoas fazem isso? Porque a vida nos faz tão cegos, tão ingênuos, quando no máximo deveríamos ser frios?? Tristeza vem e passa, amor vem e passa (?), alegria vem e passa.. 'Se tudo passa como se explica?'
Não sei.. mas até passar a gente pena um bocado. Olho pra tela e não me vem nada, a tela perde a cor. Lembro da decepção que senti quando olhei pra você. Lembro que não vale fazer tudo por alguém, porque chegar ao final e perceber que nada valeu é frustrante. E então lembro de mim, que estava esquecida lá no fundo, tento retomar o que foi deixado, mas acho difícil, muito tempo se passou, nem sei se vale a pena relembrar. A verdade é que o tempo passa, traz saudade, mas depois de algum tempo traz esquecimento sim. E é assim que vai ser.
Marcas de um tempo que passou, e da decepção que se instaurou.


Vanessa L.

quinta-feira, 16 de abril de 2009


Amor deveria ser coleção. Daqueles que a gente vai guardando numa prateleira no quarto, akela coisa que você acorda e olha todo dia. Pra ver se a inspiração vem. Se eu pudesse eu tocava em meu destino, hoje eu seria uma colecionadora nata. Já caí no conto do vigário. Você também. Interessante. Enfim, cruzamos em algum lugar da história. Coincidências, existem? Presumo que não. Sei que pelo caminho encontro gente do bem e pena não poder aproveitar cada segundo do tempo destes que me faz rir. Pena não ter dinheiro e tempo pra poder viver solta por aí. E, bom te encontrar uma vez ou outra pelo meu caminho... É perigoso a gente ser feliz. Só uma coisa, quando vier, traga sorrisos e saudade. Se de todo jeito não houver como trazer as duas coisas, traga a saudade. Eu prefiro a saudade.


.
.
.
.
.


Preta

domingo, 12 de abril de 2009


Veja bem, meu bem..

"Veja bem além destes fatos vis.
Saiba, traições são bem mais sutis.
Se eu te troquei não foi por maldade.
Amor, veja bem, arranjei alguém
chamado saudade."

Marcelo Camelo

quarta-feira, 8 de abril de 2009

- Dois Barcos -




"Quem bater primeira dobra do mar
DÁ DE LÁ BANDEIRA QUALQUER
APONTA PRA FÉ E REMA


É, pode ser que a maré não vire
Pode ser do vento vir contra o cais
E se já não sinto teus sinais
Pode ser da vida acostumar


Será, Morena?
Sobre estar só, eu sei
Nos mares por onde andei
Devagar
Dedicou-se mais
O acaso a se esconder
E agora o amanhã, cadê?

Doce o mar, perdeu no meu cantar

Só eu sei
Nos mares por onde andei
Devagar
Dedicou-se mais
O acaso a se esconder
E agora o amanhã, cadê
?



(( Dois Barcos - Los Hermanos ))

Sem mais..

.
.

terça-feira, 7 de abril de 2009


Down Em Mim

Composição: Cazuza e Frejat

Eu não sei o que o meu corpo abriga
Nestas noites quentes de verão
E nem me importa que mil raios partam
Qualquer sentido vago de razão
Eu ando tão down
Eu ando tão down

Outra vez vou te cantar, vou te gritar
Te rebocar do bar
E as paredes do meu quarto vão assistir comigo
À versão nova de uma velha históriaE quando o sol vier socar minha cara
Com certeza você já foi embora
Eu ando tão down
Eu ando tão down

Outra vez vou te esquecer
Pois nestas horas pega mal sofrer

Da privada eu vou dar com a minha cara
De babaca pintada no espelho
E me lembrar, sorrindo, que o banheiro
É a igreja de todos os bêbados
Eu ando tão down
Eu ando tão down
Eu ando tão down
Down... down


.
.


http://www.mp3tube.net/br/musics/Barao-Vermelho-Down-em-Mim/83789/



.. nhé!!
PretA

.

sábado, 4 de abril de 2009

QUATRO DE ABRIL/ DOISMILENOVE


Não poderia hoje, deixar de vir aki e falar, que se hoje estivesse vivo, CAZUZA estaria completando '51 anos'. Pra quem não sabe sou fã do cara. É uma paixão um tanto quanto diferente, já ouviu que os opostos se atraem? Nesse caso é verídico, sou uma 'politicamente correta' e careta (Nem tanto assim, vai!..um pouco!rs) e que no entanto era pra achar ele, suas músicas e seu estilo de vida 'o-fim-do-mundo', mas não! A forma como ele viveu e falou, e bebeu, e cantou e sorriu me traz vida!(Parece que quando leio, ou o escuto pulsa mais vida aqui, e me faz bem! Acho que no fundo eu gostaria de ser livre, assim como ele, tipo 'Foda-se o resto do mundo, eu tô vivendo e não me importo com o que você acha! Ele respirava vida, liberdade, otempotodo!!) 'Porraloka' geral, sem mais nem menos. Mas.. pra mim, o cara! Falava o que queria, se queimava com isso, burguês, classe média alta do Rio, andava com gente de todo tipo, cor, raça, religião e afins! Talvez tenha pago com a própria vida por essa sua louka forma de viver e 'não pensar' e agir. Gente, coração, alma. Talvez tenha sido o melhor letrista dos anos 80, se não for até hoje. Tudo bem suas músicas trazem um 'quê' de dor-de-cutuvelo, mas quê que têm?? Eu gosto, até você gosta! Vai me falar que nunca ouviu 'Brasil, Exagerado, Bete Balanço, Pro dia Nascer Feliz, Faz parte do meu show'? Pra não falar em 'Codinome Beija-Flor, Todo amor que houver nessa vida, Ideologia', e mais uma porrada de música que eu conheço e você talvez nem tenha ouvido falar.. Por exemplo,'Perto do fogo, Como já dizia Djavan, Preciso dizer que te amo, o Nosso Amor a Gente Inventa, Solidão que nada' e mais um monte que não foram citadas. Tem letra, tem vida, tem idéias, tem pulso!.. ainda pulsa vida!


" Eu sou da geração do desbunde.
Nunca tive saco pra milico, desfile, gente com medo.
Todo mundo ficava parado, mudo, anestesiado.
Não dava pra fingir que não tinha nada.
Pra mudar alguma coisa, a gente teve que gritar, se drogar.
Ir pra rua, enfrentar nossa própria fraqueza.
Era uma maneira de não se render, e não ficar careca, careta."

.
.

Carta Dani

"Escrevo numa tarde cinzenta e fria
Trabalho pra espantar a solidão e meus pensamentos
Hoje assumi em público minha doença
Estou mais leve, mais livre
Mais ainda tenho muitos medos
Medo de voar, de amar
Medo de morrer, de ser feliz
Medo de fazer análise e perder inspiração
Ganho dinheiro cantando minhas desgraças
Comprar uma fazenda, fazer filhos
Talvez seja uma maneira de ficar pra sempre na terra
Porque discos arranham e quebram
Amor
Cazuza"

.
.

PREFIRO TODDY AO TÉDIO !!!!!!!!!!!!!!

(Cazuza)





Termino, com frases de Cazuza, quando em meados dos anos 80 falavam sobre o ano 2000, se ele chegaria ou não.. e Cazuza nessa música disse que chegaria, e não mudaria nada.. e ele acertou. Aqui estamos nós, ano 2009 e nada mudou, corrupção, fome, desigualdade social, tudo continua igual e píor. Ele tinha olhos voltados para uma geração muito a frente à sua. Talvez por isso fosse uma pessoa tão escandalizada pela mídia.


"Quando tudo explodir
Mas não vai explodir nada
Vão ficar os homens se olhando
Dizendo: "O momento está chegando"
2000, é ano 2000
E não vai mudar nada
E não vai mudar nada"


É ISSO AÍ!
BEIJOMELIGATCHAUUUUMMM!!!!!!!!!!!!!!!!



'Preta'