Me siga pelo email - Follow by Email

terça-feira, 13 de janeiro de 2009

Reformulando!



O TEATRO MÁGICO E TODA SUA TRUPE EM FORMIGA DIA 06/02/2009 !!


E dia 07/02 em Divinópolis !!

Bora pra Minas uai !

Fazer acontecer esse show de poesia!




"Onde já se viu o mar apaixonado por uma menina?
Quem já conseguiu dominar o amor?
Por que é que o mar não se apaixona por uma lagoa?
Porque a gente nunca sabe de quem vai gostar..."


'Bora lá!'
Preta Lopesssssss
2009



segunda-feira, 12 de janeiro de 2009

Separô ?!

Separô ?!


Separô toda a minha correria
Separô o joio do trigo e da padaria
Separô diante de mim quando minha tristeza era parte do dia
Separô Dona Beleza de Dona Maria
Separô o que não restava do que já não tinha
Separô diante minha palavra e se fez poesia
Separô pra ouvir meu protesto, meu gesto que - incerto -
talvez não faria
Separô o silêncio da dor me trazendo alegria
Separô pra pensar no que a gente faria
se não houvesse a poesia,
se não restasse farinha pro nosso pão!
Iria só até o fim
Daria tudo e mais um pouco de mim
Separa um tanto que o outro eu te dou
Separa a chuva pra continuar flor!




O Teatro Mágico
Composição: Fernando Anitelli

P.s: O Teatro Mágico em Divinópolis dia 07/02 !! Bora lá !!

Vanessa Lopes


domingo, 11 de janeiro de 2009

Presente!

" ... sempre que se começa a ter amor a alguém, no ramerrão, o amor pega e cresce é porque, de certo jeito, a gente quer que isso seja, e vai, na idéia, querendo e ajudando, mas, quando é destino dado, maior que o miúdo, a gente ama inteiriço fatal, carecendo de querer, e é um só facear com as surpresas. Amor desse, cresce primeiro, brota é depois."



Guimarães Rosa



sábado, 10 de janeiro de 2009

João Guimarães Rosa



" Ser Mineiro é dizer UAI,

é ser diferente e ter marca registrada,

é ter história. "









(...) “Então explico. Nada quase corre simples, nesses casos, depois tremeiam- se lembranças e contra lembranças; e há que, se o destino quer e faz, aplica luxo de lances, ataca por linhas simultâneas - disto sei recheados exemplos. O que ele grava nas "Memórias", certo a certo, deu-se. Mas houve mais, confluência ...
"É de que Estado?" - "Minas." - "Fico com ele!"
"Visitando muitas vezes Minas, aí por volta de 1929 e 1930, e falando ao povo em comícios apaixonados, nunca deixei de meditar sobre os insondáveis juízos da Providência: eu tinha ido dez anos antes àquela bendita terra buscar um pouco de saúde. " Prezava não tão-só "a doçura daqueles ares de montanha"; mas própria a gente: - "Vocês, mineiros, são diferentes de todo- o- mundo..." – repetia; apreciava mesmo "as tragédias mudas da política mineira." Assaz confalasse o mote de COELHO NETO: "A terra venerável de Minas, terra de abundância e de hospitalidade, fértil e amável como o doce e generoso país quenanita... " E, pois, dela nunca poderia ser dito duvidador ou menos amigo."




“...às vezes quase acredito que eu mesmo, João, sou um conto contado por mim mesmo. É tão imperativo...".





E, traduzida tamanha euforia por Minas, gente e sentimento, é que se dá Guimarães Rosa, ele achava que estudar o espírito e o mecanismo de outras línguas ajudava muito à compreensão mais profunda do idioma nacional, por isso falava português, alemão, francês, inglês, espanhol, italiano, esperanto, um pouco de russo; lia: sueco, holandês, latim e grego (mas com o dicionário agarrado); entendendo alguns dialetos alemães; estudou a gramática: do húngaro, do árabe, do sânscrito, do lituano, do polonês, do tupi, do hebraico, do japonês, do checo, do finlandês, do dinamarquês; bisbilhotou um pouco a respeito de outras. Mas tudo mal. - "Principalmente, porém, estudando-se por divertimento, gosto e distração." J.G.R.


.


.


.



E assim, mineira, vou me rendendo a beleza daqui deste lugar, e das palavras muito bem escritas e ilustradas através das lembranças dele, reluzindo as minhas.


Preta Lopes
01/ 2009

quarta-feira, 7 de janeiro de 2009

- The Beatles - The Long and Winding Road

( A longa e sinuosa estrada )

"A longa e sinuosa estrada que leva até sua porta,
Jamais desaparecerá,
Eu já vi esta estrada antes.
Ela sempre me traz até aqui,
Conduz-me até sua porta.

Na noite selvagem e tempestuosa que a chuva eliminou,
Deixou uma piscina de lágrimas
Chorando pelo dia.
Por que me deixar aqui sozinho?
Mostre-me o caminho.

Muitas vezes eu fiquei sozinho
e muitas vezes eu chorei
De qualquer forma você nunca saberá
de quantas formas tentei,

Mas ainda assim elas me trazem de volta à longa e sinuosa estrada
Você me deixou esperando aqui há muito tempo atrás,
Não me deixe aqui esperando,
Guie-me à sua porta "


BEATLES , ontem, hoje, amanhã, SEMPRE!
Hello, Goodbye Baby!!

Namastê

terça-feira, 6 de janeiro de 2009

Seja


'Escreve quem tem um contexto próprio

Quem não se limita perante palavras

Quem sente e transpira sentimento

Seja ele qual for,

Você,

Que não tem um contexto de vivência própria

Jamais irá conseguir descrever o quer que seja

Somente usará palavras dos outros

Para descrever tamanho sentimento seu

Piedade

Transcrever somente o que alguém já o fez

Sentimentos seus,

Por mais que seja parecido com o que lê

Jamais será o que você sente,

Então

Desprenda-se

Brinque com o tempo

Tente

Transcreva-o

Seja!'




Vanessa Lopes
Jan/ 2009


Feliz 2009 cheio de realizações, saúde, paz e amor no coração,
são os meus mais sinceros votos, de hoje e sempre.


sexta-feira, 2 de janeiro de 2009

Adeus Ano Velho, Feliz Ano Novo!

Pela janela do carro, ía vendo minha vida passar.
Era o primeiro dia do ano. Fui, revendo conceitos, formando outros e deixando para trás opiniões formadas, que hoje, já não fazem tanto efeito assim, para mim. Na lembrança me vem um sorriso, aquele que me fez sorrir junto. No primeiro dia do ano! Dizem que o que a gente faz no primerio dia do ano se repete por todo o ano.
Sigo em frente, sorrindo, porque alguém me sorriu e me fez querer sorrir.
E neste sorriso me encontrei, eu me encontrei.Feliz!
Mais um ano chega e com ele todas as esperanças renovadas!


Um 2009 de renovações à todos.
Preta Lopes